João de Almeida, um guardião de biodiversidade

Do alto dos seus oitenta anos, o senhor João Vieira da aldeia da Póvoa do Cadaval, ainda dá o exemplo do que é um verdadeiro guardião de biodiversidade. Ele conserva várias variedades vegetais, entre as quais o trigo barbela, uma espécie que, segundo ele, veio há muitos séculos do Crescente Fértil, (Assim se designa a região compreendida entre os rios Nilo, Jordão, Tigre e Eufrantes, com forma de lua na fase de quarto crescente), e adaptou-se na perfeição aos solos pobres do sopé da serra de Montejunto.

O senhor João Almeida dá a conhecer a sua imensa sabedoria num artigo delicioso do jornal “Gazeta das Caldas” que vale a pena ler com toda a atenção. O que este homem faz pela conservação da biodiversidade não tem preço. Todos lhe devemos gratidão!

Artigo completo aqui.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *